SÁBADO 4 FEVEREIRO, 23H30

CCVF

Silent Disco

Direção artística Alfredo Martins 
Cocriação Marco da Silva Ferreira 

Interpretação Lewis Seivwright

Acompanhamento dramatúrgico Teresa Fradique e Pedro Marum
Música e desenho de som Rui Lima e Sérgio Martins 
Desenho de luz Joana Mário
Produção executiva Daniela Ribeiro

Coprodução teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser, BoCA - Biennal of Contemporary Arts, Teatro Municipal do Porto

Residências de criação O Espaço Do Tempo (Montemor-o-Novo), Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré (23 Milhas - Ílhavo), Circolando – Espaço de Criação Transdisciplinar (Porto), Companhia Instável (Porto)

_
Fotografia © Bruno Simão

Duração 75 min.

Lotação limitada (60 pessoas)

Silent Disco
7,50 eur / 5,00 eur c/d

COMPRAR

COMPRAR

2023.02.04 GD23 Silent Disco Alfredo Martins

“Silent Disco” é um espetáculo imersivo que acontece em discotecas, explorando o potencial da tecnologia das festas ‘silent disco’. O público forma uma comunidade temporária, guiada através de auscultadores pelo espaço vazio da discoteca. Este espetáculo procura especular sobre a natureza do clubbing como um acto de resistência, capaz de reconfigurar formas de reflexividade, afetividade e corporalidade. Identidades queer, sexualidades múltiplas, consumos hedonistas, fisicalidade crua – poderão estes constituir-se como práticas políticas de resistência?

Website desenvolvido por Bondhabits.
Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile